Como ser nômade digital?

Como ser nômade digital talvez seja uma pergunta recorrente entre os jovens e aos que estão com mais de 40 anos também. Mas primeiro vamos falar o que é um nômade digital.

Existem tantos tipos de nômades digitais que fica até difícil explicar cada um deles. No entanto, o que todos têm em comum é que passam pelo menos alguns meses do ano no exterior, mudam seus destinos com frequência (geralmente a cada poucas semanas, mas podem ficar até 6 meses) e ganham a vida trabalhando online.

nomade digital

Na realidade, nem todo nômade digital ganha dinheiro suficiente para poder viver e trabalhar nos países ricos.

Tailandia

É possível que você pense que não possui as habilidades necessárias para trabalhar online, mas não é bem assim. Só o fato de saber digitar e trabalhar com um PC pode ser suficiente para você começar e conseguir um trabalho remoto que permita que você trabalhe de qualquer lugar dentro de algumas semanas. Fica ainda melhor se você usar parte do seu conhecimento em outros campos e combiná-los.

A verdade é que muitas vezes o nômade digital iniciante talvez não consiga usar todo o seu potencial no começo e sente que perdeu tempo estudando as habilidades erradas. Essa pode ser a maior desvantagem ao optar por esse estilo de vida e só você pode decidir se vale a pena o esforço.

É importante saber algumas coisas sobre as partes boas e ruins desse estilo de vida.

A parte boa

Desfrutar de uma boa qualidade de vida com pouco dinheiro.

Uma das melhores coisas de ser um nômade digital é que você não precisa ter muito dinheiro para começar. Se você optar por passar seu tempo no sudeste da Ásia, na África ou países da América Latina, você poderá desfrutar de uma ótima qualidade de vida com cerca de US$ 1000 dólares ao mês. Caso deseje ser nômade digital nos países ricos você precisará ganhar muito mais do que isso para obter a mesma qualidade de vida.

Londres

A parte ruim

Por melhor que pareça a ideia de viajar o mundo e viver em lugares incríveis, mas esse estilo de vida não dura para sempre. Há uma tendência de nômades digitais retornando aos seus países de origem. Mesmo aqueles que viveram e adoraram esse estilo de vida há muitos anos. Há pessoas que trabalham e viajam por 6 meses, outras por 10 anos, mas nenhum deles fazem isso para sempre. Pense nisso antes de gastar todo o seu tempo e energia nesse caminho.

Se a única razão pela qual você deseja se tornar um nômade digital é viajar, uma viagem mundial de um ano como mochileiro às vezes pode ser uma opção melhor. É muito menos estressante e realmente não precisa ser tão caro.

Em um estágio de nossa vida, todos nós um dia queremos ter algum tipo de base / zona de conforto constante à qual possamos voltar.

É por isso que é tão importante dedicar algum tempo para criar um negócio que dê verdadeira liberdade e renda suficiente para morar onde quiser, porque no melhor dos dois mundos, é possível ter os dois: uma moradia fixa em um de seus lugares favoritos e a capacidade de acompanhar os negócios independentemente da sua localização nos trabalhos que você gosta.

Ainda interessado em saber como se tornar nômade digital? Ok, vamos falar sobre algumas maneiras de alcançar esse estilo de vida, porque é possível começar mais rápido do que se pensa!

3 maneiras para se tornar um nômade digital sem saber nada de programação

1) Torne-se um freelancer.

Você pode ser freelancer revisando textos, roteiros, teses. Você também pode ser ghostwriter (escritor fantasma) há várias plataformas online onde você pode se registrar e começar a receber pedidos.

2) Dê aulas de português ou inglês pela internet.

Há várias plataformas onde você pode se inscrever e começar a lecionar de qualquer parte do mundo.

3) Inicie seu próprio negócio online.

Você pode pensar que a melhor maneira de ser um nômade digital é se tornar um empreendedor, criar seu próprio negócio online e talvez criar algum tipo de negócio de comércio eletrônico de renda passiva. Embora seja verdade que alguns dos nômades digitais de maior sucesso fazem isso, também é o caminho mais difícil a seguir se você está apenas começando. Mas se você tem uma boa rede social onde possa divulgar seu trabalho, é possível que você cresça seus negócios dentro de seis meses e, assim, começar as suas viagens pelo mundo enquanto trabalha pela internet.

Sou consultora de aprimoramento pessoal, ofereço assessoria personalizada, curso de desenvolvimento pessoal, dicas de como trabalhar na internet e muito mais. Clique aqui para saber mais.